Ora muito bem, acordar logo com água na boca! Hoje trago-vos uma receita excelente! Um risotto! Dá para três porções e come-se que é uma maravilha. Tudo o que precisam é bastante polvo, um quilo chega, duas cebolas, quatrocentas e cinquenta gramas de arroz e especiarias.

Primeiro coze-se o polvo numa panela com uma cebola cortada ao meio. Começamos então pelo jogo do Benfica-Arouca obviamente. A cebola é Manuel Mota. Árbitro que desde há 9 anos até à época transacta, todos os jogos que arbitrou o Benfica, este ganhou sempre. Com uma taxa de aproveitamento de pontos de 100%. Ou seja, o Benfica se fosse arbitrado por este senhor em 30 jogos do campeonato, teria um total de 90 pontos!! (Impressionante não é? Que cebola bem composta!) Outro dado curioso é que este senhor é benfiquista desde pequenino, e também é talhante. Julguei que seria importante. Mas vamos continuar com o Risotto.

Vamos agora colocar noutro tacho a cebola picada, a salsa e o azeite. Por outra palavras, vamos colocar no jogo do Boavista-Braga (este último vai defrontar o Benfica no estádio AXA na próxima jornada), Bruno Paixão, a segunda cebola.  E deixamos cozer até ficar transparente como água, apesar de tudo ser visto à descarada. Vamos ao factos. Bruno de Paixão tem como paixão o SL Benfica. Nada contra. Voltamos aos factos. Nos jogos em que Bruno Paixão arbitrou nos últimos 9 anos, até a época transacta, houve uma taxa de aproveitamento de 58% do Braga. Contra uma taxa de 79% do Benfica e uma taxa de 67% do Porto. Qual é a probabilidade do estrugido ficar no ponto? Está aqui a faltar algo… Continuando.

Juntar o polvo cortado em pedacinhos pequeninos. Adicionar o arroz e mexer ate ficar translúcido. Pegamos em Carlos Xistra e enviamos o senhor até Guimarães. Onde curiosamente entrará como árbitro no jogo Guimarães-Porto. Carlos Xistra não tem boa fama nos jogos que arbitra a favor do Porto. Mas para não acharem que isto é tudo uma teoria de conspiração, até porque hoje quero falar de Risotto e não de teorias malucas, aqui vão os factos. O FC Porto tende a perder 2 pontos por época devido à influência direta do senhor Carlos Xistra. Estando o campeonato nesta situação, não será uma boa altura para usar esse arroz?

Vamos então finalizar. Ir regando pouco a pouco com água de cozer o polvo previamente coada, conforme esta vai sendo absorvida, vai-se colocando mais e mais até o arroz ficar solto. E no fim, tentamos que o Braga vá desfalcado para receber o Benfica. Fazemos com que, caso esteja difícil, haja um empurrãozinho na Luz para o Benfica não perder pontos. E para tudo correr de feição vamos tentar com que o Porto não vença na cidade de D. Afonso Henriques. Assim temos um Risotto à moda de Lisboa!

Saindo agora da cozinha, aproveito para sugerir algumas das minhas chuteiras de futebol favoritas da Nike – para saberem mais detalhes só aceder abaixo.

[Total: 3    Average: 4.7/5]