Muito bom dia meus caros amigos, amantes e adeptos da verdade desportiva! Como é que se sentem hoje? Bem dispostos? Eu sei que há um misto. Afinal, o FC Porto, o nosso FC Porto foi obrigado a enfiar 7 bolas pela baliza a dentro mas só 4 foram validados e, por incrível que pareça, um até foi validado por vídeo-árbitro! Porque se não tinha sido mais do mesmo de 2016/2017. Vamos analisar esta poesia que foi o jogo?

Ontem vimos um FC Porto como na pré-época ainda que a primeira parte deixou assim um sabor um pouco triste porque não fizemos 2 ou 3 golos válidos e normalmente isso acontece. Sim, voltamos ao tempo em que chegamos ao Dragão e pensamos: “então hoje quantos vão ser?”

Este FC Porto mete medo!

Eu como boa pessoa que sou, não analisei as estatísticas para não humilhar os de cognitividade reduzida. Sim, inventei uma nova forma de chamar as pessoas de asnos. Gostam?

Uma das coisas que mais me custou foi ver o Soares a sair triste e desolado, tudo isto porquê? Ele olhou para o banco, vê o Marega a despir-se, a vestir o equipamento e pensa: “acabei de perder o lugar…” Não é que perdeu mesmo?

Aquele nosso menino sem pescoço fez logo o primeiro em 4 minutos! E depois ainda teve a ousadia de marcar de cabeça! Mas que grande maroto! Já o Abombacarros desiludiu-me.

Eu sei que o menino dos camarões parece o Eto’o (momento que se podem rir à vontade), só tem mesmo a diferença da finalização em jogos oficiais: sim, porque já se percebeu que nos jogos de treino ele é o nosso 222 milhões!

Tenho uma pergunta, viram o lance invalidado ao gajo do Braga?

Eu queria falar apenas no baile que vai ser este campeonato, onde o FC Porto vai vencer fácil mesmo com VAR manhosos que deturpam imagens a analisar. No entanto, seria um crime não falar do que aconteceu no estádio das galinhas pretas. Ok, não vou falar. Vou lançar um desafio. Se conseguirem arranjar maneira do lance ser invalidado, mandem-me um mail para o Crónicas da Bola. Obrigado.

[Total: 2    Average: 5/5]