Hambúrguer e Pipocas | O resumo de um FC Porto 2018/19

A versão do FC Porto 2018/19 não é muito diferente da do ano passado. E o mais engraçado é: os verdadeiros reforços voltaram a vir de dentro. Este FC Porto está a precisar de afinar a pontaria porque a orquestra está a tocar.

No entanto, os maestros mais fortes tiveram dois nomes: Óliver e Corona. Os compatriotas em língua encheram o olho no Dragão. O hambúrguer e as pipocas estão melhores também. Tirando isso, o FC Porto 2018/19 tem apenas dois equipamentos bonitos. Já o terceiro…

FC Porto 2018/19 | O que mais me agradou além da comida

Gostei muito de ver Diogo Leite a capitão. Óbvio que não irá fazer parte dessa lista, mas a verdade é que está a merecer a titularidade no próximo sábado. O miúdo é mesmo muito forte no posicionamento e só errou quando deu ouvidos aos colegas. Tirando isso, foi mesmo impecável ver o futuro Marcano do FC Porto 2018/19.

Gostei de voltar a ver o nosso capitão, Héctor Herrera, apesar de estar diferente e a falhar mais passes, já deu para correr um bocadinho. Além disso, ajudou Maxi a crescer em campo. O nosso velhinho está como o aço e atacou mais que Alex Telles, o que me “assustou”. Mas pronto, pré época.

FC Porto 2018/19 | O que falta?

Bem, repararam que só houve 2 parágrafos no anterior, e isso não foi de propósito. A verdade é que o que há de bom é escasso… Já o que há de mal…

Para começar precisamos de outro Alex Telles. Não é legítimo jogar com o Hernani a fazer aquela posição. É simplesmente horrível. Depois não temos ninguém para lutar com o Soares pelo lugar. Aboubakar é um outsider. É um jogador a menos e que já está visto que não sabe jogar.

Marega ainda precisa de perceber que a bola não corre mais que ele. Sérgio Oliveira prepara-se para perder o lugar e depois…where is our banco? Exatamente, as soluções que temos? Dois jogadores que me agradam bastante e têm qualidade: Bruno Costa e Marius (do que vi) gostei. Percebe-se que querem lutar por um lugar. Mas falta mais, muito mais…

O FC Porto 2018/19 tem de ser um FC Porto com Favilli e outros nomes sonantes. Um FC Porto que contrata e vence as corridas. Temos de ser fortes. Segurar os verdadeiros craques e ir buscar os outros. Vamos vencer no sábado, não há outra opção. Precisamos de vencer. E que sejamos uma equipa goleadora, como o Sérgio nos habituou!

[Total: 2    Average: 4.5/5]