Tudo a Nu na TVI | Os Cartilheiros

A TVI – televisão dos cartilheiros do Benfica e do seu consultor José Eduardo Moniz – vai vender mais um gato por lebre, depois de ter esgotado o formato Big Brother e Casa dos Segredos. O concurso passa lá por fora com o nome Stripped e não é mais do que uma tentativa de aliciar alguns voyeurs que procuram o nu como forma de entretenimento.

O Contentor obriga os concorrentes a andarem no dia-a-dia despidos. “Encantou-me a mim e aos meus colegas quando o vimos, é um facto”, começou por dizer José Eduardo Moniz.

Mecânica do Tudo a Nu na TVI

A mecânica do novo reality show da TVI é muito simples: em 21 dias, é proposto a um conjunto de pessoas que se libertem dos seus bens, como roupa, móveis, eletrodomésticos e dinheiro vivendo essencialmente com o básico.

O “consultor” da TVI está eufórico com o que aí vem. “É uma verdadeira experiência social, porque é tão fora do comum que dificilmente as pessoas despegarão os olhos do ecrã. Os concorrentes têm de manter a sua rotina, ir ao trabalho, estar com a família e continuar a vida. Não haverá momentos chocantes e desconfortáveis porque os concorrentes tentam esconder a sua nudez.”

Imagem de Reality Show

Imagem de Reality Show

Mecânica do “A Caça às Toupeiras”

Eu então lembrei-me que seria mais engraçado fazer um concurso que poderia chamar-se, por exemplo, “A Caça às Toupeiras”. Então como seria o regulamento?

Quando um concorrente descobrisse uma toupeira, esta em vez de informar o clube da treta de um segredo, informava o concorrente que ia acumulando segredos. Alguns dos segredos poderiam ser, por exemplo, qual vai ser o árbitro do próximo Porto x Benfica (eu aposto no Hugo Miguel) ou aquele que o clube da treta quer que desça de divisão.

O vencedor seria quem conseguisse descobrir mais toupeiras. O primeiro prémio será ter entrada livre em todo o lado. Na SAD do clube, nos Tribunais, na PSP, na GNR, na Residência Oficial do PM ou até do PR para descobrir mais segredos, embora saibamos que este último “nunca sabe de nada mas vai tentar informar-se”!

Segredo do Benfica na TVI

O Benfica “faz sempre as coisas pelo outro lado”. Colocou José Eduardo Moniz no Conselho de Administração da “instituição” sem pelouro acumulando como consultor da TVI, neste momento a maior máquina de propaganda do clube da treta.

Além disso, contrataram espécimes raros como Bacalhau à Brás, Pedro Guerra ou a marioneta João Querido Manha. Na “Caça às Toupeiras”, o Moniz até podia solicitar ao orelhas que, em vez de assinar de cruz ofertas de bilhetes, fizesse uns cartões para os concorrentes trazerem dependurados ao pescoço que permitissem entrar nos túneis do galinheiro, nas casas de banho dos NoNameBoys onde guardam os “artefactos pirotécnicos”, na secretaria onde recebem os emails das toupeiras ou no gabinete do senhor Paulo Gonçalves que afinal – sublime surpresa – continua a trabalhar para eles.

Paulo Gonçalves SL Benfica

Paulo Gonçalves SL Benfica

O vencedor do programa acumulava também um lugar anual na Tribuna onde o presidente recebe lacaios como José Silva. O coitado transmite apenas as informações dos processos judiciais “por mera amizade a Paulo Gonçalves”. Depois no clube da treta o mordomo “não informa o patrão de nada”. Recebe uns calhamaços de informações sigilosas apenas para encher a biblioteca. A sua única função na “instituição” é servir o lanche ao senhor Vieira. E a juíza Ana Peres acreditou! Ah! Ah! Ah

Gostou deste artigo? Por favor, compartilhe! E deixe o seu like no nosso Facebook! É muito importante para nós. Além disso, pode também, se desejar receber as crónicas em primeira mão, subscrever a newsletter (não fazemos spam).

[Total: 0    Average: 0/5]