FC Porto adormecido acordou a tempo!

FC Porto adormecido acorda a tempo de nova reviravolta!

Primeiros 30 minutos do FC Porto são um exemplo de paciência do Conceição. Há jogadores onde a massa cinzenta não é o forte e acabam por se perder no habitual. O FC Porto volta a entrar a perder e volta a mostrar-se displicente em atitudes ridículas na recuperação e Danilo é o exemplo perfeito dessa atitude pouco importada.

Chegam às substituições cedo e, como normal, Bruno Costa que foi surpresa, mas entrou nervoso, e Maxi saíram para Hernâni e Soares entrarem. Com 5 defesas era preciso poder de desgaste e de ataque. O FC Porto começava a ameaçar com Corona a acertar no poste e a fuzilar pouco ao lado. Foi muito bom mas não chegava. O Chaves e o Varzim andavam empatados. Por sorte que o Varzim mostrou vontade para não perder. Boas notícias perto do fim da primeira parte.

Segunda parte | Belenenses vs FC Porto

Chegamos à segunda parte e vimos um FC Porto diferente. A querer carregar forte no acelerador e a não deixar o Belenenses respirar. Com o prego afundo metido, os Dragões chegaram ao 1.º golo pelo suspeito do costume. Marega. Realmente o maliano do FC Porto é uma peça fortíssima e fundamental para não deixar a equipa dos dragões cair. O jogo estava empatado mas o Chaves tinha feito o 2-1. Sérgio Conceição pede mais e Soares, de cabeça, faz um grande golo num gesto técnico fortíssimo.

Contas até ao fim | Belenenses vs FC Porto

No entanto, este grupo C estava de loucos! O Chaves marcava o 3-1 e, caso o FC Porto ficasse assim, bastava apenas um golo aos flavienses para defrontar o Benfica nas meias finais da Taça da Liga. Com oportunidades gigantes em Chaves, no Jamor também havia fogo. E o FC Porto ia esbarrando numa exibição quase perfeita de Mika.

Com o tempo a avançar e o golo a não entrar, Sérgio Conceição estava ansioso e os jogadores do FC Porto queriam o golo da serenidade. Adrian Lopez, na primeira jogada após entrar, vê Mika a fazer uma defesa fenomenal e a negar o golo!! Acabava o jogo em Chaves e o FC Porto estava qualificado! “Calma!” Grita Sérgio. E assim foi. 2-1 e é a 16.ª vitória consecutiva dos Dragões que agora querem bater o recorde nacional de 18 vitórias consecutivas. Pertencente ao Benfica numa época que acabou por ser desastrosa para os lisboetas.

Para isso, Sérgio Conceição tem de liderar a sua equipa até Alvalade e bater Keizer. Um treinador que tem mostrado ser uma aposta ganha. O Sporting joga futebol e Keizer espreme o melhor de cada jogador. Vai ser um embate fortíssimo. O Vitória (Guimarães) já mostrou como abater os leões. Será que Conceição, chegando lá só com vitórias, vai conseguir fazer o mesmo? As nossas previsões para 2019 indicam que sim. Estaremos atentos.

[Total: 2    Average: 5/5]