Vivemos num país onde o centralismo é um tema abundante na boca dos incultos e o capitalismo continua a dar orgasmos aqueles que de nada sabem falar. As marionetas sociais continuam a fazer moça naqueles que lutam sozinhos e se libertam como o Pinóquio. Será isto o fim do futebol no seu estado mais belo e elegante onde todos pensávamos que era assim que ele tinha ficado com o VAR?

A política do VAR e dos fiscais de linha 

Encho-me de dúvidas e indecisões quando tenho de falar do VAR. Nunca sei se insulto e descasco nele, se abordo todos os erros grosseiros ou se demonstro a quem o VAR gosta de apoiar. Entre uma linha e outra prefiro analisar as estatísticas.



O FC Porto foi prejudicado 5 vezes pelo VAR. Podemos acrescentar o lance do golo do Herrera onde a culpa é do fiscal de linha que estava a dormir naquele momento. No entanto, em contra partida, o Benfica foi beneficiado 5 vezes pelo VAR. Posto isto, como é que aqueles que querem marcar a diferença e fazer um movimento de crença e esperança em prol do futebol português vão conseguir vencer se a FPF e o CA não permitem que nada toque no animal de estimação?

Em 2 jornadas o FC Porto perde 4 pontos devido a erros grosseiros. Curiosamente na jornada que antecede o clássico e na jornada do clássico. São estes tipos de curiosidade que me fazem acreditar que nós, tripeiros portistas, somos leigos ou então a nossa inteligência é demasiada abundante para os outros da capital. Afinal, como é que nós conseguimos ver todo este roubo descarado, mas somos os únicos a vê-lo? Difícil de analisar.

Interdição do Estádio do Dragão

Mais uma anedota para a caixa.

Houve um adepto que não conseguiu conter o que todos os milhares de portistas no estádio estavam a sentir. Foi diretamente ter com Pizzi e empurrou-o. Óbvio que isso foi leve, comparado com o que mereciam aqueles energúmenos. No entanto, serviu de aviso.

Logo a seguir, o Benfica pede interdição do estádio. Eu não sei bem, mas não houve um adepto que agrediu um fiscal de linha e hoje em dia continua a ter entrada cativa na sanita municipal da Luz? Fica a questão. Talvez seja por isso que a transmissão dos jogos da Luz é na BTV, há coisas que convém serem escondidas. Como o Salvio no fora de jogo ou a mão do Luisão no pênalti.

A FPF vai continuar a brincar aos polvos e a tentar que o capitalismo vença. Mas nós temos uma palavra a dizer. Nós somos do Porto, e sermos do Porto é muito mais do que aquilo que se escreve! Juntos para destruir o Polvo!

[Total: 3    Average: 4/5]