Há Mais um Circo na Capital

Talvez por estarmos próximos da quadra natalícia foi lançado um novo Circo. Já tínhamos o Titanic do clube da treta e o Quarto de Banho dos Calimeros. Este não se chama CHEN nem CARDINAL. Chama-se Assembleia da República.

Diz lá a tua password

Diz lá a tua password

Uma pobre e ignota deputada (?) andou por lá durante 3 anos sem saber que ao aceder ao computador de outro deputado (?) era como se fosse o próprio a trabalhar com ele!

Assim se explicou a inocente no plenário. Para espanto de todos a senhora “deputada” disse ainda que “mais pessoas” tem a senha de colegas de partido!

Fez-me recordar aqueles Rebuçados Victória feitos aqui no Porto na Rua da Vitória que há muitos e muitos anos se vendiam nos quiosques e que os miúdos da instrução primária trocavam uns com os outros como agora se trocam os cromos das Seleções.

Rebuçados Rui Vitoria

Rebuçados Rui Vitória

Os mais difíceis eram o Bacalhau, a Cobaia e o Cabrito!” Não me recordo se a coleção contemplava o Polvo mas acho que sim. Um dos factos engraçados é que essas cadernetas de pequeno formato, pouco mais eram do que um caderno escolar, de pequenas dimensões e com algumas folhas, nas quais se encontravam alguns retângulos numerados, de 1 a 200, onde eram colados os cromos. Estas cadernetas eram dedicadas aos temas zoológicos ou históricos. Os cromos eram impressos a uma cor, mas demasiado grandes para poderem embrulhar os caramelos no espaço muito pequeno nas cadernetas, pelo que tinha de se cortar o cromo, de tal modo que este ficava reduzido a um diminuto rectângulo de papel.

Advinha o Cabrito

Advinha o Cabrito

Na nossa crónica de hoje não é difícil adivinhar quem é o Cabrito. Pois claro, esse mesmo, o senhor “deputado” que distribuiu a sua password pela criadagem como se fossem rebuçados.

Neste novo Circo onde se troca a password entre os amigos e se come à fartazana por 1/2 dúzia de euros só falta montarem uma barraquinha de tiro-ao-alvo!

Jogo de sorte com setas

Jogo de sorte com setas

Os colegas do Cabrito e da sua amiga “deputada” ou respondem em Alemão aos jornalistas ou dizem que “já está tudo esclarecido”. Quanto ao Primeiro-ministro devia ter vergonha de se juntar aquela “organização criminosa” e sentar-se lado-a-lado com o Chefe da Banda!

Entretanto a cambada pombalina vai centralizando cada vez mais a economia.

Sinais de Centralização

Sinais de Centralização

Quando sabemos que um dos Circos da Segunda Circular, o Galinheiro, foi construído com as ajudas do “compagnon de route” Santana Lopes que ainda se deu ao luxo de colocar uma empresa pública, a EPUL, a construir uma urbanização para usufruto do clube da treta sem que tenha sido considerado culpado está tudo dito!

Por isso também não compreendo porque anda o DIAP a investigar o motivo pelo qual o Futebol Clube do Porto “ofendeu o bom nome” do clube da treta ao divulgar os emails das aldrabices que praticam há dezenas de anos!

Até à próxima

[Total: 3    Average: 4.7/5]