Subir de escadas rolantes até o primeiro lugar

A metamorfose do primeiro lugar

Numa noite como a de sábado, foi bonito ver o FC Porto a alegrar-se com Pinto da Costa arguido por difamação de verdades inconvenientes. Mas o que estava em jogado era o primeiro lugar e uma prenda de aniversário a Oliver Torres. O nosso 10 mereceu o que os colegas lhe deram. Vamos lá analisar um a um, como os velhos tempos.

Iker Casillas

Sempre muito falador, o nosso San estava numa noite onde o trabalho podia ser muito. Mas como um bom patrão faz, decide entregar isso aos colegas. Neste caso, aos postes. Na primeira parte teve uma ou outra intervenção interessante mas na segunda percebeu que o que interessava era o espetáculo. De propósito, deixou as bolas irem aos postes e trave. Afinal, não se pode ser sempre protagonista. E com uma defesa com Felipe, mais vale que eles se sintam menos confiantes.

Alex Telles

Obviamente está numa forma bastante abaixo da do costume. No entanto, continua a ser um jogador com uma garra e um querer muito grande. É como o Tom Sawyer. Mesmo a fazer 30 por uma linha, não conseguimos deixar de gostar dele.

Éder Militão

O miúdo da defesa é o mais cauteloso. Gosta de limpar o rabo dos adversários e manter o respeito. Claro que ainda tem muito que aprender, porque há lances onde a destreza não se aliam à capacidade física. E quando o cérebro não puxa carroça… Mas também convém dizer que para aprender com o Felipe mais vale estar como está.

Felipe

Urgentemente a precisar de banco e entregar o crachá de xerife a outro. Erros atrás de erros. Se ele tivesse a minha professora primária, fartava-se de apanhar porrada nos ditados e nas cópias. Com erros constantes nas mesmas palavras mesmo depois de avisado cerca de 3821746 vezes.

Maxi

O nosso jovem. Realmente tem mostrado que está bem fisicamente mas isso não chega. Porque mesmo assim, a sua resistência não é muita e a velocidade também não é o que era. No entanto, é dos velhos que se erguem os novos. E às vezes, são mesmo os velhotes a resolver. Não foi o caso, mas se ele aguenta-se o jogo todo se calhar a tática Otávio e Corona ficava sem efeito. Portanto, obrigado Maxi.

Danilo

O calcanhar de aquiles deste FC Porto. Com Oliver, ganhamos mais e sofremos menos. Mas Danilo é um jogador que não sabe construir joga e acha que sabe. Que não sabe aparecer na área. Basicamente sabe defender. Será isso que não o deixa ser titular em Portugal? Agora que penso nisto e no que William de Carvalho fez ao Barcelona… Precisa de banco. Penso que ganhávamos mais em jogos com equipas mais fechadas ter Herrera a fazer a posição. Mas quem sou eu que disse desde início: onde anda Oliver? E afinal, até tinha razão?

Oliver Torres

Mais crescido, foi recebido como de costume. Sempre com muita euforia. É querido nos adeptos. E é um craque. Agora, defende como tudo e depois ensina a equipa a jogar a bola. Toques de primeira e desmarcações impressionantes. Sem dúvida não há um médio como ele. E quando tínhamos abundância de médios, jogamos sempre a perceber que Oliver não pode sair. Estranho…

Brahimi

Mais uma nódoa negra. A precisar de banco e pomadinha. Este Brahimi quer sair, quer altos voos, mas não percebe que mais alto que isto não voa. Um jogador onde a massa cinzenta está focada no individualismo, deveria praticar desportos do mesmo teor. Mas não, quer ser um jogador de futebol e continua a regredir do que andava a aprender com Conceição. Decide sempre dar um toque a mais e depois…não defende. Pedra no sapato.

Corona

Bem, havia um gajo que escrevia umas crónicas, ou tentava, e dizia que este menino era um craque desaproveitado. Queixava-se que ele devia jogar sempre. Um pouco à semelhança de Oliver. Agora entram os dois na equipa e…ualá! O FC Porto começa a jogar futebol com uma alta qualidade de vinho e acaba por vencer os jogos quase todos. Estranho? Não. Para quem vê futebol.

Marega

H-O-R-R-I-V-E-L. Isto é Marega. Serviço principal: atrapalhar a defesa, falhar golos escandalosos e fazer assistências para Soares falhar.

Soares

A noite estava negra. Mas depois uma subida ao céu lembrou os seus primeiros tempos no FC Porto. Acabou por ser o homem do jogo, com mérito. Deu a vitória numa cabeçada fulminante e fez-nos perceber que afinal, até podemos ter um matador. Not.

Hernâni

COMO É QUE É POSSÍVEL CONTINUAR A SER CONVOCADO?! Só isto.

Otávio

Otávio no fim disse: “Espero que o mister perceba que o Brahimi neste momento não tem hipóteses de discutir o lugar comigo.” Foi mais ou menos isto.

Herrera

Entrou para se encostar a Soares e gostei. Está a voltar a beber do bom vinho e isso nota-se. Espero que Danilo saia na mesma ordem de ideias que ele saiu.

[Total: 1    Average: 5/5]