Crónica do Portugal vs Suíça | Seleção Nacional

Na última quarta feira, o mundo assistiu pela primeira vez a uma fase final da nova competição da UEFA (Liga das Nações). O evento, entre Portugal e Suíça, ocorreu no Estádio do Dragão.

Em relação ao 11 Fernando Santos apresentou um 4-3-3 com algumas mudanças. Nelson Semedo, Bruno Fernandes e Joao felix foram as novidades.  Portugal como (quase) sempre desde que Fernando Santos assumiu o comando técnico da Seleção a jogar com grande mobilidade na frente de ataque.

Jogo Portugal vs Suíça

O inicio de jogo pautou-se pelo equilíbrio apesar das duas equipas terem entrado com “ganas” para levar de vencida aquele encontro e ambas a mostrarem que queriam um lugar na final, que terá lugar no domingo no mesmo estadio.

Como não poderia deixar de ser, como havia CR7 na seleção das quinas, o marcador não ia demorar muito tempo a ficar em branco.

Aos 25 minutos, um livre mesmo ao jeito de Cristiano Ronaldo foi o suficiente para fazer o primeiro e deixar Portugal mais perto dessa tão desejada final. Até ao intervalo o equilíbrio manteve-se, se bem que a Suíça estava a dar sinais de não se conformar com o resultado assim.

Na segunda parte esse inconformismo resultou bem para os Suíços. Ricardo Rodriguez fez o golo que deu alento ao seu pais que continuavam assim a sonhar com a final.

João Felix saiu aos 70 minutos (e perdoem-me o desabafo, mas enquanto Felix esteve em campo Portugal jogou sempre com menos uma unidade de ataque). Eu sei, era a sua estreia pela seleção, mas o jovem prodígio (a imprensa fala no senhor 120M ) consegue ter a proeza de fazer 9 passes em 70 minutos e mesmo assim conseguiu falhar 3. Foi o máximo que se viu de Felix.

Guedes substituiu Felix e deu mais velocidade a equipa das quinas. Nos últimos 10 minutos já as duas equipas se preparavam para o prolongamento (o jogo estava naquela fase em que ambas as equipas iam com menos sede ao pote, o que quer dizer que atacavam com menos jogadores e procuravam não cometer erros para não morrerem na praia) eis que CR7 aos 88 minutos faz o 2-1 numa jogada em que Ruben Neves  e Bernardo Silva brilharam e deixaram Portugal praticamente na final.

A Suiíça acabara ali de morrer na praia, a 2 minutos do final do tempo regulamentar. Mas, ainda havia tempo para Portugal fazer mais 1. No minuto seguinte a Suíça a jogar no desespero perde a bola no meio campo ofensivo e isso foi suficiente para Portugal lançar de imediato um contra ataque brilhantemente conduzido pela seleção de Portugal. Ronaldo pegou na bola e esta so havia de parar no fundo da baliza da equipa da Suiça.

Estava então consumada a vitória Lusa que é assim a primeira finalista da nova competição – Liga das Nações.

[Total: 3    Average: 5/5]